Início Notícias Lançamento da Cartilha “Atribuições dos Médicos Veterinários no Serviço Público Municipal”.
Lançamento da Cartilha “Atribuições dos Médicos Veterinários no Serviço Público Municipal”. PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Qua, 23 de Agosto de 2017 12:28

Membro do CCAS e vice-presidente do Sindivet-PR irá lançar Cartilha para médicos veterinários

 

A cidade de Esteio/RS irá sediar, entre 26 de agosto e 3 de setembro, a 40ª Expointer, exposição reconhecida como um dos maiores eventos do mundo no gênero, sendo considerada a maior feira a céu aberto da América Latina, que reunirá as últimas novidades da tecnologia agropecuária e agroindustrial.

 

No dia 31 de agosto, a médica veterinária Roberta Züge, membro do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS) e Vice-Presidente do Sindicato dos Médicos Veterinários do Paraná (SINDIVET), irá realizar o lançamento da Cartilha “Atribuições dos Médicos Veterinários no Serviço Público Municipal”.

 

 

O documento abrange a atuação relevante dos médicos veterinários no setor Público Municipal e a relação no desenvolvimento de políticas públicas e cuidados com a saúde e bem‑estar dos seres humanos, animais e meio ambiente.

 

“O resultado é inédito e fundamental para a categoria, prefei­turas e sociedade. As atribuições relacionadas foram estabelecidas de acordo com as legislações correspondentes e na experiência prática dos profissionais en­volvidos, sempre com base nos três principais campos de atuação dos Mé­dicos Veterinários nas Secretarias Municipais: Agricultura/Pecuária e Abasteci­mento, Meio Ambiente e Saúde”, explica a médica veterinária.

 

A cartilha foi resultado de uma parceria pioneira entre profissionais que atuam no setor público municipal e o SINDIVET, com a colaboração do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Paraná (CRMV‑PR), da Federa­ção Nacional dos Médicos Veterinários (FENAMEV) e de todos os Sindicatos de Médicos Veterinários do Brasil.

 

Sobre o CCAS

 

O Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS) é uma organização da Sociedade Civil, criada em 15 de abril de 2011, com domicilio, sede e foro no município de São Paulo-SP, com o objetivo precípuo de discutir temas relacionados à sustentabilidade da agricultura e se posicionar, de maneira clara, sobre o assunto.

 

O CCAS é uma entidade privada, de natureza associativa, sem fins econômicos, pautando suas ações na imparcialidade, ética e transparência, sempre valorizando o conhecimento científico.

 

Os associados do CCAS são profissionais de diferentes formações e áreas de atuação, tanto na área pública quanto privada, que comungam o objetivo comum de pugnar pela sustentabilidade da agricultura brasileira. São profissionais que se destacam por suas atividades técnico-científicas e que se dispõem a apresentar fatos concretos, lastreados em verdades científicas, para comprovar a sustentabilidade das atividades agrícolas.

 

A agricultura, apesar da sua importância fundamental para o país e para cada cidadão, tem sua reputação e imagem em construção, alternando percepções positivas e negativas, não condizentes com a realidade. É preciso que professores, pesquisadores e especialistas no tema apresentem e discutam suas teses, estudos e opiniões, para melhor informação da sociedade. É importante que todo o conhecimento acumulado nas Universidades e Instituições de Pesquisa seja colocado à disposição da população, para que a realidade da agricultura, em especial seu caráter de sustentabilidade, transpareça. Mais informações no website: http://agriculturasustentavel.org.br/.

 

Última atualização em Qua, 23 de Agosto de 2017 12:33
 


Another articles:

Powered By relatedArticle

CeresQualidade.com.br | Powered by Joomla!