Início
Bem-vindo!
Paraná deve iniciar em 60 dias o sistema unificado de inspeção sanitária PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Qui, 06 de Agosto de 2009 16:01

InspeçãoEntre os próximos 30 a 60 dias as pequenas, médias e grandes agroindústrias do Paraná, que já passaram por um processo de adequação de procedimentos estabelecidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, deverão estar em condições de solicitar o enquadramento junto ao Suasa - Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária - e ao Sisbi - Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal. Esse enquadramento deve beneficiar principalmente as agroindústrias familiares, que terão permissão para vender seus produtos para todo o Brasil, o que significa ampliação de mercado, renda e de trabalho.

Segundo o secretário da Agricultura e do Abastecimento paranaense, Valter Bianchini, seis agroindústrias do estado já foram auditadas e estão em fase de cumprimento das normas de inspeção sanitária estabelecidas pelo novo sistema. Mais de 400 agroindústrias do Paraná já estão integradas no sistema estadual de inspeção, com possibilidades de avançar para esse sistema único de certificação.

O Suasa/Sisbi unifica a inspeção sanitária que antes era dividido nas esferas federal, estadual e municipal. Assim, somente as empresas que conseguiam a certificação de inspeção junto à esfera federal podiam vender seus produtos em outras regiões do país. Pelo princípio da equivalência, o novo sistema vai permitir que estados e municípios possam comercializar produtos de origem animal entre regiões com sistemas de inspeção equivalentes.

 

Fonte: Revista Globo Rural Online

Última atualização em Qui, 06 de Agosto de 2009 16:09
 
Senado: Atividade do produtor rural deve respeitar função social da terra PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Qua, 05 de Agosto de 2009 15:23

O projeto em debate nesta terça-feira (4), na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), é de autoria do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) e define o produtor rural como a pessoa física ou jurídica que explora a terra, com fins econômicos ou de subsistência, por meio da agricultura, da pecuária, da silvicultura, do extrativismo sustentável, da aquicultura, além de atividades não-agrícolas que contribuam para o desenvolvimento da agricultura e para o progresso do meio rural, respeitada a função social da terra.

Os principais pontos da proposta (PLS 325/06) são os seguintes, conforme justificação feita pelo autor:

 

Leia mais...
 
Vigilância em suínos PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Ter, 04 de Agosto de 2009 11:57

Devido aos recentes casos de Influenza A (H1N1) em humanos, doença considerada emergente, a Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) de São Paulo aumentou a vigilância em granjas suinícolas. O objetivo é evitar a contaminação dos animais pelo vírus. "A CDA está seguindo diretrizes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), providenciando vigilância ativa nas propriedades", afirma o médico veterinário Luís Guilherme de Oliveira, Gerente do Programa Estadual de Sanidade dos Suídeos (Codesa).

 

Leia mais...
 
I Workshop de Indicações Geográficas do Paraná PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Ter, 04 de Agosto de 2009 16:06
O objetivo do I Workshop de IG realizado no Paraná é difundir a cultura de Propriedade Intelectual voltada para as Indicações Geográficas. Além de sensibilizar associações, cooperativas, agricultores e interessados no tema, da importância de obtenção de um selo de IG para agregar valor ao produto, valorizar a propriedade rural, o turismo e dar visibilidade ao Estado. Para tanto, serão abordados casos de sucesso de IG’s no Brasil, as perspectivas para o Paraná e a experiência francesa.
DATA: 20 de agosto de 2009
HORÁRIO: 08:00 às 18:00 horas.
LOCAL: LACTEC - Salão das Araucárias
Avenida Comendador Franco, 1341 – Jardim Botânico
Curitiba – Paraná
Saiba Mais sobre o Evento
Última atualização em Ter, 04 de Agosto de 2009 16:48
 
Pesquisa mostra que o leite reduz riscos de doenças PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Dom, 02 de Agosto de 2009 21:10
O segredo para uma vida mais longa pode ser simples: o leite. Beber leite pode
reduzir as chances de morrer de doenças como doenças cardíacas e derrame em até
20%, segundo pesquisa liderada por Peter Elwood, da Universidade Cardiff, e Ian
Givens, da University of Reading, ambas no Reino Unido.


O leite bovino fornece cálcio, potássio, proteína e vitamina D; mas também
açúcares e gordura saturada e, por isso, frequentemente é tido como uma escolha
não saudável, disseram os pesquisadores. Contudo, o estudo se baseou em
evidências de 324 estudos sobre consumo de leite e sua relação com doenças
cardiovasculares, derrame e diabetes, e mostrou que os benefícios para a saúde
devido ao consumo de leite são maiores do que os riscos.

"Nossas descobertas claramente mostram que quando os números de mortes por
doenças cardiovasculares, derrame e câncer de cólon-retal foram considerados,
houve fortes evidências de uma redução geral no risco de morte por essas
doenças crônicas devido ao consumo de leite", disse Givens. "Existem evidências
convincentes de que o consumo de leite está associado com um aumento na
sobrevivência em comunidades ocidentais".

As doenças cardíacas causam cerca de 27% de todas as mortes nos Estados Unidos,
de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças. Trata-se da causa
número um de mortes em todo o mundo, de acordo com a Organização Mundial de
Saúde (OMS).
Última atualização em Dom, 02 de Agosto de 2009 21:14
Leia mais...
 
« InícioAnterior717273747576PróximoFim »

Página 73 de 76.

Who's Online

Nós temos 121 visitantes online
CeresQualidade.com.br | Powered by Joomla! | Joomla hosting by SiteGround