Início
Bem-vindo!
Palestra sobre Certificação da Fazendas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Dom, 26 de Julho de 2015 10:36

A Ceres Qualidade esteve presente nos XVII Congresso Latino-americano de Buiatria e XI Congresso Brasileiro de Buiatria, com um de seus sócios, Dra. Roberta Züge, que proferiu a palestra em plenária “Certificação de Fazendas”. Com um tema contemporâneo, a Dra. Züge apresentou os principais tópicos que permeiam o processo de certificação, algumas normas do setor agropecuário e as bases para se alcançar um selo de qualidade na pecuária.

 

buiatria_1

 

Adequação, com foco na certificação no setor agropecuário, é uma das principais atividades realizadas de consultoria pela Ceres Qualidade, que há anos atua implementando e adequando propriedades rurais, empresas de alimentos e cooperativas, de modo que alcancem excelência em seus processos e produtos.

Última atualização em Dom, 26 de Julho de 2015 10:54
Leia mais...
 
XVII Congresso Latino-americano de Buiatria e XI Congresso Brasileiro de Buiatria. PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Qua, 08 de Julho de 2015 12:52

 

A Associação Brasileira de Buiatria foi fundada em 1980, nas dependências da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, sendo que em 1997 a Associação Paulista de Buiatria iniciava suas atividades. Além de São Paulo as regionais estão distribuídas nos Estados de Minas Gerais, Ceará, Bahia, Pará, Amapá, Rio de Janeiro, Mato-Grosso e Mato-Grosso do Sul, Paraná, Pernambuco, Goiás/Distrito Federal, Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Paraíba. A Buitria é um ramo da medicina veterinária, onde o termo “buiatria” deriva das palavras gregas BOYS (bovino) e IATRIKE (tratamento), sendo que atualmente este conceito é estendido a outros ruminantes, como caprinos, ovinos, bubalinos e camelídeos. Várias áreas podem ser citadas como de interesse dos buiatras: Bem-estar animal, Produção/Nutrição, Medicina bovina, Reprodução, Laboratório, Produção de vacinas, Assuntos regulatórios e diversas outras onde Médicos Veterinários atuam.

 

Última atualização em Qua, 08 de Julho de 2015 12:59
Leia mais...
 
Livro “Agronegócios – Gestão, Inovação e Sustentabilidade” PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Seg, 04 de Maio de 2015 11:20

Recentemente foi lançado pela Editora Saraiva o livro “Agronegócios – Gestão, Inovação e Sustentabilidade” escrito por diversos autores. Seguindo um sequenciamento lógico, são abordados os conceitos do agronegócio sob três vertentes relevantes ao tema: a Gestão, a Inovação e a Sustentabilidade. A obra faz uma introdução ao agronegócio, considerando o aspecto gerencial envolvendo várias vertentes, como gerenciamento, redes e logística. O aspecto inovação aborda a geração de novos produtos e novos processos, e a questão da sustentabilidade trata do equilíbrio socioambiental, uma atual exigência de mercado.

 

livro_capa_1

 

 

Roberta Züge, da Ceres Qualidade é autora, juntamente com Fabiana Leonelli, professora da Universidade de São Paulo, do capítulo Certificação e Rastreabilidade no Agronegócio.

 

livro_captulo

 

 

Acesse: o link

 

Última atualização em Ter, 05 de Maio de 2015 06:29
 
CCAS e GTPS participam do Interleite Sul e debatem sobre o desenvolvimento da atividade leiteira da região PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Ter, 02 de Junho de 2015 16:18

Evento acontece nos dias 18 e 19 de junho em Foz do Iguaçu/PR


O CCAS (Conselho Científico para Agricultura Sustentável) e o Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) participam da sexta edição do Interleite Sul, principal evento do setor leiteiro, nos dias 18 e 19 de junho, no Recanto das Cataratas Resort, em Foz do Iguaçu/PR. O objetivo do evento é debater questões estruturais e técnicas importantes para o desenvolvimento da atividade leiteira da região.


A coordenação local do evento é da Ceres Qualidade Consultoria e Assessoria que tem como sócia Roberta M. Züge, membro do CCAS. “Estamos diante de um evento importante, em uma das regiões de maior crescimento no país. Precisamos ser atuantes e cooperar com essa expansão”, declara Roberta.


Para o GTPS, a participação no evento é essencial pela oportunidade de conhecimento e acesso a informações da produção leiteira do país, segmento da pecuária no qual o grupo de trabalho amplia cada vez mais sua participação. “Como temos o interesse em disseminar as boas práticas também na produção leiteira, é extremamente importante que tenhamos novos parceiros para que além de realizarmos uma troca de conhecimento e experiências, também possamos difundir a atuação e propósitos do grupo em diversos estados do Brasil”, afirma Eduardo Bastos, presidente do grupo.


O evento é destinado para produtores, técnicos, pesquisadores e demais profissionais da área que se interessem pelo assunto. Ao longo da programação, serão debatidos temas como: gestão e negócio do leite, tecnologia aplicada, sistemas de produção e casos de sucesso. Serão 12 palestras e debates intensos de modo que tragam real contribuição para o setor.


Mais informações podem ser obtidas no website: http://www.interleite.com.br/sul.

 

Última atualização em Ter, 02 de Junho de 2015 16:20
 
Para quê "escrever" os registros? PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Qui, 26 de Março de 2015 10:33

 

 

Publicado no Blog Na Mira, de Roberta Züge, no portal Milkpoint

 

Na rotina diária de minhas atividades de consultoria, em especial no campo, sempre tenho que sensibilizar meus clientes, ou seus colaboradores, da necessidade de realizar corretamente e diariamente os registros indicados.

 

Muitas vezes, vemos resistência por parte de todos, ou porque não entendem a real necessidade, ou simplesmente acham que há coisas bem mais importantes, ou urgentes, a resolver. Claro, o dia a dia da produção de leite é intenso. Os registros não devem ser encarados como algo a ser feito quando sobrar tempo! Porque isto, praticamente, não existe para quem é leiteiro.

 

Os registros são necessários para muitos fins, vão desde questões trabalhistas, ou seja, eles são legais (obrigatórios), onde o empregador deve comprovar por meio de registros, por exemplo, a entrega dos EPIs necessários para às atividades aos seus colaboradores, até para o correto gerenciamento das atividades de manejo.

As anotações são de extrema importância quando se pretende a profissionalização do produtor. Os dados recuperados destes registros podem identificar desvios, erros e acertos. Norteando as tomadas de decisões, de forma racional e assertiva, para o incremento da produção.

Última atualização em Qui, 02 de Abril de 2015 15:29
Leia mais...
 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 8 de 75.
CeresQualidade.com.br | Powered by Joomla! | Joomla hosting by SiteGround